em Letsfair

O marketplace de aplicativos de economia compartilhada

O nome Letsfair surgiu a partir da soma de ideias de duas expressões: “Laissez-faire”, que representa o liberalismo econômico e “Let’s play fair”. Logo, o nome Letsfair se refere à prática do liberalismo econômico de forma justa.

O objetivo do projeto Letsfair é construir uma rede de economia compartilhada, que na prática é um marketplace de aplicativos de diversos tipos e propósitos. Seu maior desafio é promover a organização descentralizada do trabalho.

Para ilustrar, imagine que um empreendedor deseja realizar um projeto e, através do seu espaço na Letsfair seja possível: procurar profissionais competentes de áreas distintas; consultar a reputação de cada um deles; montar um time de trabalho descentralizado; dividir o direito de propriedade entre seus participantes; realizar os pagamentos e ao final, ter seu projeto todo elaborado e finalizado. Essa é a nossa missão: descentralizar as relações de trabalho entre pessoas.

Os princípios que norteiam o projeto da Letsfair, são:

  • Com o uso de tecnologia, garantir que os usuários assumam o controle verdadeiro sobre seus próprios dados;
  • Oferecer mecanismos para que seus usuários possam construir uma reputação multidimensional, que medirá diferentes características humanas e que tenha valor;
  • Possibilitar a criação de acordos de trabalhos entre pessoas para construção de relações comerciais e projetos descentralizados;
  • Estabelecer garantias do direito de propriedade digital;
  • Oferecer ferramentas de pagamento e negociação, que é fundamental para o fechamento de negócios.

Portanto com todas as tecnologias atuais disponíveis e emergentes, tal como a blockchain, se torna possível e viável a construção desse projeto, garantindo que seus princípios sejam adequados ao livre mercado e que fortaleçam o estabelecimento da economia compartilhada, em outras palavras, a “uberização”.